Pandemia, vírus, Covid-19, isolamento…..essas palavras são estranhas para você?

O que está acontecendo com o mundo?!

Já parou pra pensar que tudo isso pode estar acontecendo por alguma força maior?

Será que estamos cuidando do nosso planeta?

Vamos lá…..

Toda história tem um início, então vamos partir do início. Somos indivíduos únicos, cada um com sua forma de viver, cada um com sua parcela de responsabilidade aqui na Terra. Aqui vivemos, fazemos, aprendemos, partilhamos e temos (basicamente é isso).

Esses 5 “ingredientes” precisam estar na medida certa para o equilíbrio da vida……e aí? Será que está?

O mundo está isolado há mais de 15 dias, estamos dentro de nossas casas, trancados à 7 chaves…….o que você está fazendo nesse período? O momento é de reflexão, momento de repensarmos em nossas ações, entender o que estamos deixando de contribuição para o mundo. Momento de fazer um balanço daqueles “ingredientes”.

Eu, como organizadora profissional falarei do TER…..palavrinha tão pequena, mas tão intensa dentro de nós.

Agora em casa, pare um pouco e olhe a sua volta. Olhe e repare no que você tem, repare nos móveis, repare nas roupas, nas panelas, nos espaços, nos livros….tudo isso te faz feliz?

Será que precisamos de tudo isso?

Aí, trancada, há dias, o que você usou de tudo isso que tem?

Suas coisas te aprisionam ou não?

Poluição, excessos, desigualdade,…..pensamos nisso na hora de TER?

Aproveite esse período de isolamento e pense nisso. Olhe para cada cantinho e perceba se tudo aquilo que está lá te traz felicidade. Será que não é hora de DESAPEGAR de algumas coisas? De alguns hábitos, de alguns excessos….

Pegue um cômodo por dia, nem precisa ser o cômodo todo, pode ser só um cantinho….uma gaveta, um armário, uma pasta, um porta acessório…..mas pegue!

Não olhe a marca, não olhe se está novo, não olhe por esse ângulo do TER, olhe e se pergunte….”Eu uso? É útil pra mim? Me traz que memórias?”

Praticar o desapego não significa abrir mão de tudo o que é importante para nós, rompendo vínculos afetivos ou sair jogando diversas coisas fora.

“Desapego significa saber amar, apreciar, comprar e se envolver na vida com uma visão mais equilibrada e saudável, libertando-se dos excessos que o prendem. Viver mais honestamente, de acordo com as suas necessidades. Crescer, progredir, sem prejudicar ninguém e não deixando que nada e nem ninguém o limite.”

Eu separei 4 dicas que considero principais para PRATICAR O DESAPEGO:

1ª) Somos responsáveis por nós mesmas.

2º) Aceite sua vida, viva o presente.

3ª) Liberte-se e permita que todos sejam livres.

4ª) Nada dura para sempre, aceite as perdas.

Nós, organizadoras profissionais de todo o Brasil, lançamos uma CAMPANHA DE INCENTIVO AO DESAPEGO.

https://www.instagram.com/tv/B-QJ8eapb-i/?igshid=1oz9zltzb1khb

Vem com a gente nessa campanha e contribua para um mundo melhor.

FAÇA A SUA PARTE NO MUNDO!

Quer saber mais?! Acompanhe sempre nossos próximos posts que sempre tem novidades!! Mas claro se precisar de uma mãozinha ou quiser conhecer um pouco mais sobre o meu trabalho é só me chamar Fabíola Sigismondi – A personal organizer aqui de Florianópolis/ SC.

Facebook/ Instagram

Cel. (48) 99181-9117

Essa é a minha semana aqui no grupo das Organizadoras, onde falo sobre o polêmico assunto do Desapego, mas aqui no site tem uma outra matéria falando mais sobre a “Era do Ter X Desapego – Quem ganha essa batalha?”, clique aqui e confira.

Acompanhe sempre nossas redes sociais que tem muitas dicas especiais pra você.

Até mais e se cuidem……fiquem em casa!

Mulher, mãe, esposa, organizadora por natureza, personal organizer por escolha e amante da vida. Alegre, divertida, perfeccionista, brava, mãezona... Qualidades e defeitos, vida profissional, vida pessoal.... Assim sou eu....

2 Comments
  • Fabíola, adorei a reflexão! Agradeço pelas dicas. Me senti motivada em colocá-las em ação. Aproveito para pedir dicas de lugares em Floripa que recebam doações.

    • Oi Claudia!!

      Que bom que gostou
      Fico muito feliz!!!!!
      É uma reflexão de tudo isso que está acontecendo….
      Pra aprendermos com esse momento, nos fortalecemos e sermos a transformação que o mundo está procurando.
      .
      Sobre os locais de doação vou relacionar pra vc. Tem muitos que estão fechados por medo da contaminação. Mas eu vou me inteirar e te passo.
      .
      Grande beijo
      Fabíola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *