Você se considera um amante dos livros? Então deveria retribuir com igualdade nessa relação. Afinal, esse objeto querido, companheiro de todas as horas, merece um guardião zeloso para aquelas palavras que conseguem nos transportar para outras dimensões, não é mesmo?

Em primeiro lugar, devemos ter consciência de que temos em mãos um item perecível, que deve ser protegido da ação do tempo e de fatores externos. A boa notícia é que, com alguns cuidados especiais, sua coleção pode perdurar por muitos anos e ser passada de geração em geração.

Em segundo lugar, lembre-se que livros folheados e usados com os devidos cuidados oxigenam e duram mais do que os que permanecem intocados. Portanto, usufrua de sua coleção. Leia e releia as palavras que foram tão importantes para você. Do contrário, sua coleção não seria para seu prazer, seria apenas um investimento.

Dito isso, vamos a algumas dicas importantes para a conservação do seu acervo. Elas ajudarão na utilização, na conservação e no armazenamento ideais para os seus exemplares.

Um bom livro não termina, se esconde dentro de nós.

 

Como manusear seu livro

  • Pelamordedeus, dedos sujos devem ficar bem longe das páginas de qualquer livro. Suor e sujeira são o alimento perfeito para bactérias nocivas ao papel.
  • Uma vez que restos de comida e saliva têm o mesmo efeito nocivo às páginas da sua edição favorita. Escolha um lugar aconchegante para a sua leitura, mas tente não combinar esse momento com qualquer refeição.
  • Não abra totalmente o livro. Isso danifica a lombada e pode fazer com que as páginas se soltem.
  • Para sabermos onde paramos na leitura, tenho uma única palavra: marcadores. Existem tantos modelos lindos e criativos. Não há necessidade de marcarmos a integridade de uma bela página com uma dobra, certo?
  • Se uma dobra pode ofender tanto a integridade de uma página, você pode imaginar que um clipe de papel só vai conseguir acrescentar o insulto à ofensa, concorda? Além disso, o clipe oxida a página e destrói todo o material ao redor.
  • Para garantir que o seu companheiro constante não sofra danos ao lhe acompanhar, sugiro o uso de uma bolsa adequada só para ele. Essa medida simples irá protege-lo de indesejáveis manchas de maquiagem, tinta de caneta ou qualquer perigo que se encontre na sua bolsa. Da mesma forma, evita as temidas “orelhas”.

 

Como armazenar seus livros

  • Conforme mencionado anteriormente, livros precisam de ar. Embrulhá-los ou conservá-los em ambientes confinados é um grande erro para a longevidade deles. Garantir o fluxo de ar, revitaliza o papel e evita umidade e fungos, grandes inimigos das páginas. Para tal, mantenha uma distância apropriada entre os exemplares, assim como da parede.
  • Se a única opção de armazenamento for um local fechado, ele deve ser aberto periodicamente para se obter ventilação.
  • A melhor forma de armazenamento para os exemplares ainda é a boa e velha estante. Embora o material favorito costume ser a de madeira, nem sempre ela é a melhor opção. O contato com a madeira ao natural, vernizes ou tintas á óleo diminuem a vida útil do papel. Prateleiras revestidas de metal ou vidro se tornam opções melhores, sob o ponto de vista da conservação.
  • Lembre-se que livros pesam. Especialmente volumes com encadernações especiais. Certifique-se de que as prateleiras possuem a resistência necessária para suportarem o peso que receberão.
  • Não mantenha as encadernações de couro em contato direto com as de tecido e papel. Esses materiais aceleram o processo de decomposição um do outro.
  • Permita que exista espaço suficiente na prateleira para que os livros não fiquem espremidos. Sem espaço adequado, as lombadas se danificam.

 

Livros

Dicas gerais de conservação

  • A posição ideal para a melhor conservação dos livros é a vertical. Muitas vezes, por motivos estéticos, eles são acomodados na horizontal. Quando isso acontecer, o máximo de exemplares empilhados não deve passar de três unidades.
  • Os exemplares não devem ser retirados da estante pela parte superior da lombada. Para não haver dano, eles devem ser retirados pelo meio da lombada. Por essa razão, é tão importante manter a distância necessária entre eles para essa retirada.
  • O sol e o calor excessivo são os grandes responsáveis por entortar capas e lombadas. Mantenha-os em local fresco e você não terá esse problema.
  • Não use nas páginas durex, fita crepe ou cola branca. Esses são materiais ácidos, que deixam manchas irreversíveis.
  • Use aspirador e um pincel seco e macio para fazer a limpeza da parte superior dos livros.
  • Anualmente, se recomenda uma limpeza completa. Cada livro deve ser retirado e limpo com um pano seco. As prateleiras devem ser limpas com um pano úmido, sem produtos fortes, pois infiltram no papel. Deve-se aguardar a secagem completa antes de devolver os exemplares aos seus lugares.
  • As capas de couro, ao desenvolverem fungos, podem ser limpas com um pano levemente umedecido com uma solução de água e Veja multiuso, em partes iguais. Após a limpeza, friccionar suavemente Vodol (nitrato de miconazol) líquido protege o material.
  • A cera de abelha também proporciona uma proteção natural contra mofo e fungos, assim como, cupins, traças e brocas.

Agora vem a dica mais importante em relação aos livros: divirta-se! Desfrute cada estória, se entregue às emoções e se permita viajar a locais exóticos e viver vidas que não são suas.

Esse é o prazer máximo que um livro pode lhe oferecer.

#monicacamargo

Mulher, agitada, "quase" perfeccionista, dona de um estilo eclético e interesse nas mais diversas áreas. Depois que eu me espalho, só a organização me junta!

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *