Hoje é dia 2 de abril, dia Internacional de Conscientização do Autismo, essa data foi criada para ajudar a combater o preconceito e trazer mais informações sobre essa condição, que atinge milhões de pessoas no mundo todo.

Quem acompanha o site, de longa data, sabe que eu tenho uma filha autista. Ela se chama Ana Rosa, tem 7 anos e foi diagnosticada com autismo leve aos 2 anos de idade. Desde que recebemos esse diagnóstico estamos sempre atrás de informação para dar todo apoio que a Ana precisa para um bom desenvolvimento, sempre incentivando a independência e principalmente a felicidade dela.

O Autismo é um transtorno comportamental de base principalmente genética e tem como características: Dificuldades de comunicação, inabilidade social e comportamentos repetitivos e restritos. O diagnósticos é clínico e é feito por um neurologista.

A organização da casa pode ajudar no desenvolvimento de uma criança autista, e regular (tranquilizar) um autista adulto. Existem diversas coisas simples que podemos fazer em casa que auxiliam nesse desenvolvimento.

Deixar os brinquedos a vista, mas longe do alcance da criança é uma boa maneira de ajudar no comportamento restrito, pois é comum a criança brincar sempre com o mesmo brinquedo, e deixando a vista você incentiva o interesse por outro. Deixar longe do alcance para que a criança interaja com você para pedir o brinquedo. Nessa hora podemos exercitar a comunicação (verbal ou não verbal) e a socialização (interação social).

O autista se desenvolve melhor com rotinas, antecipar acontecimentos gera menos ansiedade. Um quadro de rotina é ótimo para ajudar nesses casos. Esse quadro também é bom para a comunicação, pois ajuda o autista a se comunicar melhor, diminuindo a assim a probabilidade de frustração por não se fazer entender. O quadro deve ser bem visual, com desenhos simples, sem muitas informações.

A organização visual do ambiente é algo benéfico, pois muitas vezes o excesso informação causada pela bagunça o deixa desorganizado (irritadiço, bravo, agressivo, ansioso, agitado…). Ter um quarto de dormir organizado é fundamental para ajudar o autista a se tranquilizar e relaxar pra hora de dormir.

Para conhecer mais sobre o autismo recomendo alguns perfis e sites que abordam o tema com muita sabedoria!

Se você quiser assistir filmes e séries sobre o assunto, recomendo:

  • Atypical – Série da Netflix que conta a história de um adolescente autista e sua família (2 temporadas)
  • Temple Grandin – Filme de 2010, baseado no livro “Uma Menina Estranha”, escrito pela Temple, autista que acabou se tornando uma das maiores especialistas do mundo em manejo de gado e planejamento de currais e matadouros.
  • Adam – Filme de 2009 é uma romance que conta a história do Adam, autista adulto que passa a morar sozinho depois a morte do seu pai.

Autismo não é um bicho de 7 cabeças e a melhor forma de acabar com o preconceito é a informação!

Bom dia a todos.. =)

Nasci em Florianópolis/SC, 33 anos, casada com o José Vitor e mãe da Ana Rosa. Sou formada em Designer de Interiores e Personal Organizer certificada.

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *